Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

UNICEF alcança meta da ação ‘Rumo ao Enem’

Adolescentes e jovens de Manaus e Belém recebem o kit conectividade para ajudá-los na preparação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e Instituto Peabiru encerram nesta sexta-feira, 15, a entrega de kits conectividade da iniciativa “Um Milhão de Oportunidades/Rumo ao ENEM” para alunos do 3º ano do ensino médio e jovens, que se preparam para realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em Manaus. A iniciativa tem como objetivo ofertar 300 kits conectividade para auxiliar estudantes de Manaus e Belém que irão realizar o Enem 2020.

“Ainda estamos vivendo em meio a uma pandemia e sabemos que muitos jovens não têm acesso às aulas ou à oportunidade favorável para estar se preparando de forma adequada e de qualidade para o Exame Nacional do Ensino Médio. Por isso, o UNICEF, em parceria com o Instituto Peabiru, está com essa iniciativa para oferecer 300 kits conectividade, uma ferramenta permanente para que esses adolescentes e jovens sejam integrados à inclusão digital e consigam garantir a participação no Enem e continue se qualificando para ingressar no ensino superior”, declarou Rayanne Máximo, consultora do UNICEF para o Desenvolvimento e Participação de Adolescentes.

Em Manaus, a ação contou com a parceria da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc-AM), que indicou mais de 100 alunos de seis escolas, localizadas nas zonas Norte, Leste e Sul da capital amazonense. Além desses estudantes, adolescentes que participam do Coletivo Voz Ativa, localizado no bairro Mauazinho; Coletivo Soul do Monte, situado no bairro Monte das Oliveiras, e adolescentes da sociedade em geral também foram beneficiados pela iniciativa Rumo ao Enem.

Motivação

Durante a primeira entrega, realizada para o Coletivo Voz Ativa, onde cinco alunos foram contemplados, a estudante Maria Fernanda, 18 anos, que pretende cursar administração, afirmou sobre a importância do kit durante esse momento de pandemia. “Só tenho a agradecer ao UNICEF por poder ganhar esse kit conectividade, pois vai me ajudar muito e até me motivou a estudar ainda mais para o Enem, porque nos últimos meses tem sido muito difícil sem ter acesso a internet e sem uma base para conseguir me preparar”, explicou a aluna.

“Esse kit viabiliza muito para melhorar o acesso ao ensino, pois devido a pandemia eu não tinha tanto acesso à internet e agora por meio dessa oportunidade vou ter como estudar, participar de videoaulas e poder aprender mais e me preparar para o Enem. Eu sou muito grato por ter sido contemplado por essa iniciativa”, afirmou Mikael Araújo, 18 anos, que pretende cursar psicologia.

A estudante Lara Pantoja, que também almeja ingressar no curso de administração, relata a relevância do kit. “Nós, estudantes do 3º ano, que precisamos nos preparar para o Enem, fomos bastante afetados pela pandemia. No meu caso, fiquei sem telefone e não tinha como ter acesso às aulas. Agora, como ganhei o kit conectividade, vou poder me preparar melhor e me esforçar para recuperar os conteúdos”, afirmou.

Inclusão para realizar sonhos

Para a aluna Maria Janeiza Braz de Oliveira, 19 anos, que estuda na Escola Estadual Dorval Porto, situada no bairro São Lázaro, zona Sul, e veio de Eirunepé em busca de realizar o sonho de ingressar no ensino superior na capital amazonense, o kit Rumo ao Enem chegou no momento ideal. “Receber esse kit conectividade do UNICEF foi uma porta que se abriu, pois estamos aqui buscando um futuro melhor. Eu vim de um município distante para realizar o meu sonho que é fazer o curso de Direito. Sei que é um caminho árduo, mas recebi um incentivo ao ganhar esse kit e vou me esforçar bastante para chegar aonde eu pretendo”, afirmou.

De acordo com o finalista Josinias Picanço Barbosa, 18 anos, o kit conectividade chegou para proporcionar acesso a mais conhecimento. “Receber o kit do UNICEF vai ajudar bastante no compromisso de estudar para realizar o Enem, além de ter maior chance de aprimoramento ao ter acesso a materiais como apostilas e videoaulas, por meio das recargas que o UNICEF vai disponibilizar, pois durante a pandemia fiquei prejudicado, pois não tinha acesso à internet e minha base de estudos foi somente por meio de livros”, declarou.

Durante a entrega na Escola Estadual Dorval Porto, localizada no bairro São Lázaro, zona Sul, o gestor Wellyngton Miranda, enfatizou a importância da iniciativa para os alunos selecionados. “Eu acredito que essa é uma iniciativa muito válida e vai contribuir bastante para os alunos que tem dificuldade de acesso à internet ou ao aparelho celular. É uma ação digna de aplausos e estou muito feliz que essa ação também chegou à nossa escola, pois não tenho dúvidas que tanto os alunos quanto os pais também estão muito contentes e gratos pela oportunidade”, declarou.

Vidas transformadas

A entrega no Coletivo Soul do Monte, onde 14 jovens foram contemplados, a estudante Akárita de Jesus Braga, 17 anos, afirma que compartilhava o celular com a mãe e com isso não conseguia acompanhar as aulas on-line e fazer pesquisas de forma eficaz. “Com a pandemia, fiquei desmotivada por não poder frequentar a escola e ter dificuldade de acessar os conteúdos. Esse kit é motivador, pois com vai ser possível ter um telefone particular e conseguir me dedicar cem por cento nessa reta final de preparação para o Enem”.

“Ter a oportunidade de ser beneficiada é de suma importância para mim. No meu caso, eu não tinha celular, então, com a pandemia tive muitas dificuldades para estudar. Mas agora com o kit vou conseguir me engajar e me preparar à altura dos demais para realizar uma boa prova e me destacar para ingressar na universidade e poder dar o exemplo para outros jovens da minha comunidade que muitas vezes não veem alternativas e muitas vezes se voltam para a marginalidade”, declarou Julia Vasconcelos, 17 anos.

De acordo com o coordenador do Coletivo Soul do Monte, Rojefferson Moraes, a iniciativa Rumo ao Enem é oportuna para a comunidade. “O bairro Monte das Oliveiras é um local de extrema vulnerabilidade social. Então, essa iniciativa do UNICEF é uma oportunidade para mudar a realidade desses jovens. Com isso, eles terão a chance de concorrer de forma igualitária com outros jovens que têm melhor poder aquisitivo e puderam se preparar melhor para o Enem. Estou muito feliz de poder fazer essa ponte entre um projeto transformador e a nossa juventude que é cheia de potencial”, ressaltou.

Encerramento

Nesta sexta-feira, 15, ocorre a última entrega dos kits Rumo ao Enem, em Manaus. A ação será realizada para alunos da Escola Estadual Lecita Fonseca Ramos, localizada no bairro Monte das Oliveiras. Ao total, 29 estudantes da referida escola serão contemplados com o kit conectividade.

A estudante Paula Rios, 17 anos, que concilia a rotina de ser mãe do pequeno João Pedro, de três meses, e estudar para o Enem, afirma que o kit irá ser um suporte importante para se preparar adequadamente. “Tenho enfrentado muitas dificuldades para conseguir estudar para o Enem. O acesso à internet é restrito e preciso compartilhar o celular com minha mãe e minha avó. Ano passado, devido a gravidez e por nem sempre conseguir ter acesso à internet, nem sempre conseguia acessar às aulas da escola, com isso ficava faltando tarefas e atrasava para acompanhar com a turma. Graças a esse kit eu vou conseguir melhorar muito os meus estudos e vou conseguir aprender mais e absorver melhor os conteúdos”, declarou Paula, que sonha em cursar psicologia.

De acordo com a pedagoga da Escola Estadual de Tempo Integral Professora Lecita Fonseca Ramos, Vanessa Almeida, a ação Um Milhão de Oportunidades/Rumo ao Enem, chegou para auxiliar jovens financeiramente carentes com dificuldades de estudar em meio à pandemia. “Essa iniciativa permite a esses jovens, que por não dispor dos meios necessários, percebam que existe esperança, que existem pessoas que se importam e os enxergam e que lutam com as ferramentas que têm pela mitigação das desigualdades”, afirmou Vanessa.

Belém

A iniciativa Rumo ao Enem/1 Milhão de Oportunidades também ocorreu na capital paraense, onde mais de 100 estudantes já foram beneficiados pela ação, que pretende alcançar um total de 150 estudantes. As Inscrições seguem abertas e edital completo com link de inscrição pode ser consultado no site do Instituto Peabiru, pelo link: https://bityli.com/dTTTv

Em sua maioria, os estudantes e jovens contemplados têm entre 17 e 23 anos, os quais já concluíram o Ensino Médio e estão em preparação às provas do Enem, que irão ser aplicadas em janeiro e fevereiro de 2021. Os jovens vivem em situação de vulnerabilidade social em bairros da periferia e região metropolitana da capital, como Paracurí, Guamá, Pedreira, Coqueiro, Telégrafo e Cabanagem, e foram indicados por instituições sociais e escolas públicas da cidade, como Rede Cursinho Popular (Emancipa); Lar Fabiano de Cristo; e Escola Estadual Alexandre Zacarias de Assunção.

A estudante Claudia Vitória Ramos Lima Dos Santos, 19 anos, relata que teve dificuldades para estudar porque ficou sem celular. “Durante esse período da pandemia, compartilhava o celular com o meu esposo, que também está estudando para fazer o Enem. Com isso, às vezes, ficava um pouco confuso para conseguir acompanhar, pois eu ainda estudo em uma escola técnica e faço o cursinho. Então, esse kit conectividade do UNICEF chegou no momento ideal, abriu portas e eu estou podendo aproveitar mais os conteúdos, tanto no cursinho quanto na escola. Agora, estamos conseguindo manter o equilíbrio das coisas, porque como a gente tem um filho, também aproveitamos o tempo que ele descansa para estudar”, declarou Claudia, que pretende cursar psicologia.

Processo seletivo

A iniciativa “Rumo ao Enem” integra o projeto “Um Milhão de Oportunidades” em que um dos objetivos é dar suporte e apoio por meio do acesso digital para o preparo dos adolescentes e jovens ao Enem, diante do cenário atual de pandemia e dificuldades deles ao acesso a materiais e frequência escolar, mesmo que de forma remota.

Para serem beneficiados pela iniciativa, os adolescentes e jovens passaram por um processo seletivo com alguns pré-requisitos, tais como: estar matriculado em escola pública cursando o último ano do Ensino Médio ou já ter concluído, mas continua se preparando para o Enem; viver em família com renda per capita inferior a R$ 178,00 e estar engajado em alguma iniciativa comunitária ou engajar-se a partir desta iniciativa.

UNICEF e Um Milhão de Oportunidades

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) no Brasil é parte da iniciativa global Generation Unlimited (Gen-U, sigla em inglês) – Geração que Transforma (versão brasileira da iniciativa global). Geração que Transforma é uma parceria multissetorial global que ajuda jovens (10-24 anos) a se tornarem membros produtivos e engajados da sociedade. Tem por objetivo promover:

· O acesso ao desenvolvimento de habilidades para uma vida produtiva e participação cidadã para jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade;

· Preparação para o trabalho qualificado por meio do acesso a oportunidades de aprendizagem, mentorias e empreendedorismo;

· Aumento do número de oportunidades de trabalho decente para os jovens em situação de vulnerabilidade;

· A promoção dos adolescentes e jovens como protagonistas de uma sociedade mais diversa, inclusiva e menos desigual.

No Brasil, o Geração que Transforma é impulsionado pela iniciativa 1 Milhão de Oportunidades (1MiO). A iniciativa Um Milhão de Oportunidades é a maior articulação pela juventude no Brasil reunindo as Nações Unidas, instituições internacionais, o setor privado, o terceiro setor, governos e a sociedade civil para, nos próximos dois anos, gerar oportunidades de acesso à Educação de qualidade, formação em competências digitais e para o mundo do trabalho, conectividade e um milhão de vagas de trabalho decente de aprendiz, estágio e emprego formal para adolescentes e jovens vulneráveis de 14 a 24 anos, impulsionando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas por meio do protagonismo jovem.

-publicidade-