Take a fresh look at your lifestyle.

Unidos do Alvorada conquista bi do Amazonense de Futsal Adulto Masculino

-publicidade-

O Unidos do Alvorada é bicampeão da divisão de elite do futsal amazonense – a Série Ouro da categoria Adulto Masculino. O título veio após a vitória de virada por 5 a 3 sobre o Estrela do Norte na noite da última terça-feira, 10 de dezembro, na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, em Manaus.

Reeditando a decisão de 2018, as equipes novamente levaram um grande público ao ginásio, com direito a show de pagode e a animação de baterias de escolas de samba nas arquibancadas. O Estrela do Norte, do bairro do São José 3, Zona Leste, entrou cheio de desfalques, como Caíque e Neto Pitillo, e mesmo assim conseguiu surpreender o adversário no primeiro tempo, com gols de Juninho e Guga, aos 11 e 14 minutos, respectivamente.

O começo da virada…

Do outro lado, a equipe azul e branca da Zona Centro-Oeste tentava de todas as formas, mas não conseguia furar a defesa adversária. Foi aí que começou a aparecer o talento dos astros do time. Aos 18 minutos, o Alvorada ganhou ânimo com o belo gol marcado por Elias, camisa 10 do time.

Na segunda etapa, o Estrela do Norte pecou pelo excessivo número de faltas e pelas expulsões. O empate veio aos 8 minutos do segundo tempo, com Mário Rubson chutando de fora da área num momento em que os oponentes tiveram Fernando Uchoa expulso. O goleiro reserva Matheus Campos também levou vermelho do árbitro Herivelton Seixas após se envolver numa confusão com um adversário, mesmo estando no banco.

Com Ozemar e Juninho fora de combate por lesões sofridas durante a final, o Estrela do Norte não conseguiu impedir a virada. Aos 11 minutos, novamente o Mário Rubson apareceu para deixar sua marca. A “lei do ex” marcou presença na Arena, uma vez que o craque da camisa 8 era atleta do Estrela antes do início do campeonato.

Aproveitando o melhor momento psicológico e as várias opções talentosas do banco de reservas, com Alexsander, Garrincha e Cavalinho, o Alvorada fez 4 a 2 num tiro livre de Andrezinho aos 13 minutos, sem chances para o goleiro Wendell.

Guerreiro, o time da Zona Leste não queria vender barato o título. No goleiro-linha, o grupo esboçou uma reação ao diminuir a contagem com um gol de Victor, aos 18 minutos. O Alvorada, porém, teve experiência e sangue frio para fechar o bicampeonato aos 19 minutos num chute de longa distância de Garrincha. O grito de “é bicampeão” ecoou na Arena.

Eleito melhor da posição em 2019, o goleiro e capitão China recebeu a taça da presidente da Federação Amazonense de Futsal (FAFs), Andreza Azevedo. A história da modalidade ganhou mais um capítulo no Estado.

Foto: Emanuel Mendes Siqueira

-publicidade-