No próximo domingo, 1 de julho, no estádio Frei Epifânio, o Manaus FC encara o Imperatriz na primeira batalha das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D de 2018. O comandante do Gavião do Norte, Aderbal Lana, sabe o caminho das pedras do acesso, pois comandou o São Raimundo-AM na histórica subida da Série C para a Série B na temporada de 1999.

“Evidentemente que você sempre relembra o que passou, mas eu já consegui tanta coisa boa na minha vida dentro do futebol que as coisas fluem naturalmente. Eu acho que é mais uma busca de uma classificação de um time amazonense dentro de uma competição de nível nacional. É muito importante para o nosso futebol, mas eu não quero nada para mim. Eu acho que a gente chega a um determinado ponto da vida, um momento da vida, que você passa a olhar outras coisas que te rodeiam. Uma comunidade futebolística forte como nós temos no Amazonas, uma federação fraquíssima, mas que nós temos torcedores que não merecem a federação que têm”, comentou o treinador, campeão estadual de 2017 pelo Manaus FC em companhia de Igor Cearense.

O técnico comanda na manhã desta quinta-feira, 28 de junho, no estádio Carlos Zamith, o último treino antes da viagem rumo ao Maranhão. Lana não adiantou nada sobre a equipe que entrará em campo, no entanto, assegurou que o grupo encarnará um espírito guerreiro na caça ao objetivo maior da temporada.

“Nós vamos lutar barbaramente, vamos lutar muito para que aconteça esse acesso. Quero que o torcedor amazonense, não só do Manaus, acredite e nos dê uma fé positiva, nos dê momento realmente de busca nessa vaga para que a gente consiga essa ultrapassagem que está muito difícil. Vida que segue, vamos lutar muito e para mim não quero nada, quero para o futebol amazonense e que Deus queira que a gente seja abençoado”, concluiu o comandante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here