Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

‘Vamos ter um festival de inaugurações até fim do ano’, diz Arthur, em mais um dia de vistoria a obras

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, manteve forte agenda de vistoria às obras em andamento na cidade, nesta sexta-feira, 27/11, inspecionando, in loco, as ações emergenciais da avenida Mário Ypiranga Monteiro, onde é feita a substituição da rede de drenagem, a recuperação viária do Distrito Industrial, além de construções e reformas de unidades educacionais. “É prazeroso entregar, mas também faço com muito prazer a vistoria às obras. Vamos ter um festival de inaugurações até o final do ano”, afirmou o prefeito.

Em 2020, mesmo com os efeitos provocados pela pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Manaus manteve o ritmo de investimento e execução de obras públicas. Mais de 200 delas foram concluídas ou estão em andamento em fase de conclusão, para serem entregues até o final de dezembro, entre elas, mais três centros integrados de educação, quatro creches já entregues, mais de 40 obras de espaços públicos destinados ao lazer e ao esporte, quatro dos 15 parques da Juventude, todas as obras do pacote de mobilidade, as obras de ressignificação do centro histórico e a recuperação viária de mais de 115 quilômetros de vias pelo Requalifica 7.

“Todas as nossas obras se encontram, pensando no macro: na educação, na saúde, no esporte e lazer, na mobilidade urbana, no meio ambiente e na resiliência da cidade. Olhamos o conjunto para decidir as obras prioritárias, para dar mais qualidade de vida às pessoas. E isso foi possível graças ao nosso crédito conquistado junto às agências de financiamento nacional e internacional, e também ao equilíbrio financeiro, com a economia que fizemos durante todos os anos da administração, com ajustes da máquina e corte de custeio, para sobrar mais recursos para investir em obras de interesse da população”, resumiu o prefeito.

Distrito Industrial

O prefeito vistoriou a finalização da recuperação viária de uma pista da avenida Buriti 2, no Distrito Industrial. No total, são 2,5 quilômetros de extensão, que está nos 200 metros finais. Em seguida, os trabalhos serão iniciados do outro lado da avenida, indo se encontrar com as obras do outro lote, que vem da bola da Suframa em direção à rua Mandi.

“O trânsito fica complicado, mas as pessoas apoiam e entendem que o trabalho precisa ser feito. Que a gente tinha que mudar aquele aspecto de crateras lunares que existiam antes para um asfaltamento de qualidade, com calçadas, paisagismo, iluminação a LED. Muita coisa para melhorar o aspecto e impressionar nós mesmos, os turistas e, principalmente, os investidores”, destacou Arthur. “Estou muito orgulhoso do trabalho que estamos fazendo aqui”, completou.

As obras do Distrito estão divididas em três lotes, que estão sendo executados, simultaneamente, com previsão de que as 36 ruas, todas as intervenções urbanísticas e a recuperação das rotatórias em concreto asfáltico sejam concluídas até o final de dezembro.

Escola e quadra

O prefeito também visitou as obras de revitalização e construção de duas escolas municipais na zona Leste. A escola municipal Etelvina Braga, bairro Ouro Verde, zona Leste, foi totalmente reformada, contando agora com dez salas de aula, laboratório de informática, uma cozinha moderna, uma quadra poliesportiva, entre outros espaços. Já o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Júlia Barjona, no São José, também zona Leste, foi reconstruído do zero e tem 11 salas de aula, duas salas multiuso e uma de informática, além de espaços administrativos completos com sala de professores, pedagogia, secretaria e amplo refeitório. Também terá com um pequeno auditório e um pátio coberto, para atividades extracurriculares e um projeto de paisagismo.

As duas escolas e mais outras duas, o Cmei Magnólia Frota e a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Divino Pimenta, já estão com aproximadamente 85% das obras concluídas e deverão ser entregues até o final de dezembro, para serem integradas à rede de ensino para o ano letivo de 2021. O prefeito também retornou à obra do Cime do Águas Claras, bairro Novo Aleixo, zona Norte, que ele tem acompanhado quase que diariamente, juntamente com as outras duas construções de Cimes que estão sendo feitas na cidade.

“Estamos fazendo essas reformas em muitas escolas, além da construção dos Cimes, que são modelos que vieram para ficar. Vou deixar cinco prontos e mais cinco para o próximo prefeito e daí para frente acho difícil que a população aceite outro tipo de escola”, afirmou. “Estamos concentrando nossos esforços nas áreas que mais precisam, para equilibrarmos a balança, pela justiça social”, afirmou Arthur Neto.

O prefeito encerrou as vistorias às obras na rua H1, também no Águas Claras, que está recebendo recapeamento pelo programa Requalifica 7. “Esse foi um bairro planejado, que fizemos com o maior carinho, tem dois parques da Juventude e estamos realizando outras benfeitorias, como melhorando a linha de ônibus. Estamos asfaltando essa rua e já concluímos outra. Estamos na luta”, concluiu.

Texto – Jacira Oliveira / Semcom

Foto – Alex Pazuello / Semcom

-publicidade-