Veja quem é o trio que sequestrou e manteve jovem de 23 anos em cárcere por conta de dívida

As equipes do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) prenderam, em flagrante, no início da tarde desta quarta-feira (7/11), por volta de meio-dia e meia, Denisilia Duarte Araújo, 41, conhecida como “Deny”; a namorada dela, Kerollem de Araújo Ramires, 26, e George Morais Duarte, 22, por sequestro e cárcere privado. As informações são do delegado Thomaz Vasconcelos, diretor do departamento.

Conforme o diretor do DRCO, na tarde da última terça-feira (6/11), por volta de meio-dia e meia, o trio sequestrou e manteve em cárcere privado uma jovem 23 anos, que também foi torturada. Na ocasião, os infratores levaram a vítima para um galpão no bairro Tarumã, zona oeste da cidade, onde a mantiveram amarrada até a madrugada de quarta-feira (7/11), às 3h.

Vasconcelos explicou que as prisões dos três infratores ocorreram na casa de “Deny”, situada na rua Canindé, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus. A autoridade policial informou que as investigações em torno do caso iniciaram após a vítima formalizar a ocorrência na Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops), nas dependências do prédio da Delegacia Geral.

Tortura – Na ocasião, a jovem relatou aos policiais civis que teve os pés e mãos amarrados, foi encapuzada, além de ter sido agredida fisicamente e verbalmente. Após a tortura, ela teria sido jogada em um dos ramais do bairro Tarumã, momento em que conseguiu se desvencilhar das cordas e pedir ajuda de uma guarnição da Polícia Militar que passava pelo lugar.

“Assim que a vítima fez o registro da ocorrência na Deops, a delegada titular da especializada, Catarina Torres, nos acionou. Demos início às diligências e conseguimos prender os três infratores em flagrante. A vítima informou, em depoimento, que a motivação do sequestro seria uma dívida que ela teria com o trio no valor de R$ 5 mil”, esclareceu o diretor do DRCO.

Continuação dos trabalhos – Thomaz Vasconcelos destacou que as investigações em torno do caso irão continuar, pra tentar identificar uma quarta pessoa envolvida no crime, identificada apenas como “Naldo”. “Agora iremos trabalhar para identificar e prender esse homem que também está envolvido na ação criminosa. Além disso, existe a suspeita de que Denisilia pratique o crime de rufianismo, por obter lucros com a exploração e prostituição de mulheres”, explicou Vasconcelos.

Flagrante – Denisilia, George e Kerollem foram autuados em flagrante por sequestro e cárcere privado. Ao término dos procedimentos cabíveis no DRCO, o trio será levado para Audiência de Custodia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PC-AM