Vendas a prazo no Dia das Crianças crescem pelo segundo ano seguido, aponta SPC Brasil/CNDL

As vendas a prazo nas duas semanas anteriores ao Dia das Crianças cresceram 7,71% na comparação com o mesmo período de 2017. Os dados foram divulgados pelo Serviço de Proteção ao Crédito, o SPC Brasil, e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, a CNDL.

Segundo o levantamento, os presentes mais procurados neste ano foram roupas e calçados (38%), bonecas (37%), aviões e carrinhos de brinquedo (21%). O gasto médio do consumidor foi de R$ 187.

Ainda que as vendas para o Dia das Crianças tenham crescido por dois anos seguidos, o movimento nas lojas ainda não recuperou as perdas do período da recessão econômica. Mesmo com a alta de 7,71% neste ano, as vendas a prazo ficaram 1,30% menor do que em 2014, por exemplo.

A pesquisa aponta que o desemprego e a incerteza eleitoral ainda impactam na confiança do consumidor.

Reportagem, Cintia Moreira