Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Vereador Bibiano cobra prestação de contas do pacote ‘Todos Juntos por Manaus’

O vereador Professor Bibiano (PT) cobrou na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) nesta quarta-feira (25), o resultado de ação conjunta firmada em maio do ano passado entre a Prefeitura de Manaus e o Governo do Estado que foi intitulada ‘Todos Juntos Por Manaus’ para melhorar a infraestrutura dos bairros da periferia. O convênio soma um total de R$ 110 milhões e o parlamentar vai entrar com requerimento na Casa Legislativa pedindo prestação de contas do pacote de obras.

A ação conjunta tinha o objetivo de iniciar obras de infraestrutura em vinte e dois bairros das zonas Norte e Leste de Manaus, com a revitalização aproximadamente de 600 quilômetros, dos quais 57 quilômetros seriam nos principais corredores viários. O recurso anunciado no total de R$ 110 milhões eram R$ 100 milhões do Governo do Estado e R$ 10 milhões provenientes da Prefeitura.

O vereador informou que se o seu pedido não for atendido entrará com uma ação junto ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM) para que o órgão faça auditoria para saber o destino do recurso.

“Cobrei por várias vezes no ano de dois mil e treze e no ano passado infraestrutura para os bairros da cidade, principalmente para os bairros da periferia. Quero fazer hoje aqui memória das promessas do prefeito e também do governador com essa ação conjunta. No dia do anúncio do pacote de obras o prefeito afirmou que tinha em caixa outros trezentos milhões. O povo de Manaus precisa saber cadê o resultado dessa ação conjunta e onde foi esse dinheiro”, destacou o parlamentar.

Os trabalhos começaram nos bairros, Jorge Teixeira e Rio Piorini, mas outros bairros também passariam por obras, são eles Santa Etelvina, América do Sul, Campos Sales, Celebridade, Colônia Santo Antônio, Grande Vitória, Jesus me deu, João Paulo, Monte das Oliveiras, Nova Cidade, Novo Israel, Nova Vitória, Parque Solimões, Pontal Cachoeira, Riachuelo e outros.

Bibiano lembrou que na época, o secretário municipal de infraestrutura, Luiz Borges havia dito que as obras nos bairros seguiriam os padrões estabelecidos no quadrilátero da Copa.

“Isso não é verdade. Até hoje a sociedade manauara não conta com a tal infraestrutura do quadrilátero. O asfalto e o calcamento ainda estão precários e o serviço oferecido até então pela ação conjunta nos bairros da periferia, a chuva já levou quase tudo. Exemplo disso, que posso afirmar é o Santa Etelvina e o rio Piorini. Esses bairros merecem o mesmo asfalto que as vias principais da cidade receberam”, disse o vereador.

Desvio de asfalto

No último dia 11 de março, o vereador entrou com representação junto ao MP-AM pedindo abertura de inquérito civil contra a Secretaria municipal de Infraestrutura (Seminf) para que denúncia de possível desvio de cinco toneladas de asfalto seja apurada.

“É preciso que os bairros da periferia também passem por drenagem profunda, recuperação de sarjeta e meio-fio. Vou iniciar nessa semana uma fiscalização nesses vinte e dois bairros. No início do mês a imprensa veiculou uma matéria que denuncia o desvio de cinco toneladas de asfalto. Já entramos com representação junto ao Ministério Público para que a denúncia seja apurada. Estamos acompanhando isso”, concluiu Bibiano.

-publicidade-