Take a fresh look at your lifestyle.

Vídeo – Dor e saudade marcam despedida de Paulinho Faria em Parintins

-publicidade-

A morte prematura de Paulinho Faria, aos 61 anos, abalou a nação vermelha e branca. Após a confirmação feita por Zezinho Faria, irmão do ex-apresentador do Garantido, por meio de uma rede social, o retrato foi de comoção na Ilha Tupinambarana. Nas redes sociais, não foram poucas as manifestações de carinho e saudade do Garotinho de Ouro.

Paulinho Faria morreu por complicações causadas pela Covid-19, após ser internado em uma unidade de saúde de Parintins, no dia 30 de janeiro. Após ser transferido para Manaus, com quadro agravado, ele não resistiu e faleceu na tarde desta segunda-feira (22/02).

Já nesta terça-feira (23), pela manhã, após velório em uma funerária na zona norte de Manaus, o corpo do apresentador foi levado em um carro do Corpo de Bombeiros para o Aeroclube da Capital. De lá, a aeronave decolou para Parintins, no baixo Amazonas. Logo após o pouso, a cortejo seguiu para a Cidade Garantido, na Rodovia Odolvaldo Novo. Lá houve homenagens e a torcida vermelha e branca pode dar o último adeus ao artista.

O cortejo ainda seguiu para o curral Zeca Xibelão do Caprichoso, onde os torcedores do azul e branco esqueceram a rivalidade e se solidarizaram com a família de Paulinho. Por meio de nota o boi azul e branco disse: “Agora, as cores dos bumbás de Parintins se vestem de luto para a despedida de uma pessoa que marcou a história do festival e acendeu a chama da rivalidade entre os bois”.

Uma imagem que vai ficar marcada neste dia triste para Parintins é a do momento em que a família de Paulinho Faria recebe o carinho do Boi Caprichoso.

Foto – reprodução

Paulinho Faria foi sepultado na tarde desta terça-feira no cemitério São José atras da Catedral de Nossa Senhora do Carmo.

 

Veja vídeo

Imagens: reprodução

-publicidade-