Na noite desta quinta-feira (23), um homem foi agredido dentro do ônibus 640 após ser flagrado fotografando as partes íntimas de passageiras. Um delas viu que o homem estava com o celular apontado para sua vagina e desconfiou da ação, que foi filmada por outro passageiro.

Ela se revoltou e fez o homem deletar inúmeras imagens que fez dentro do coletivo e de outras passageiras. Mesmo pedindo desculpas, ele chegou a levar uns tapas e socos. Ao tentar sair do coletivo, ele foi impedido pelas mulheres que o acompanharam até o Terminal de Integração, onde ele foi denunciado à polícia. O assédio é considerado como importância sexual e pode levar o indivíduo à prisão.

Veja o vídeo: