Duas equipes de fiscais da Coordenadoria de Vigilância Sanitária iniciaram nesta terça-feira (03), ação de cadastramento de embarcações com origem e destino final no Porto de Parintins.

Os fiscais atuam catalogando informações sobre barcos, seus responsáveis legais, profissionais que realizam os primeiros socorros e principalmente as pessoas que manipulam os alimentos dentro das embarcações.

De acordo com a coordenadora da vigilância sanitária, Juliana Castro, o cadastro é diferenciado, uma vez que a vigilância almeja tanto fiscalizar os serviços de alimentação, como ter conhecimento sobre como são ofertados os serviços de primeiros socorros dentro de navios e barcos.

“Vamos verificar se os profissionais realizam os primeiros socorros corretamente e se estão habilitados com equipamentos para atuar numa eventual emergência. Mas o nosso principal foco é verificar de que maneira são feitas as refeições dentro das embarcações” disse.