As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Virada Sustentável Manaus amplia inscrições em busca de projetos com formatos alternativos ou online

Em decorrência da pandemia de Covid-19, a Virada Sustentável Manaus, festival de mobilização para a sustentabilidade correalizado pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS), prorrogou até 31 de julho o prazo para inscrição de projetos. O objetivo é contemplar iniciativas que proponham formatos alternativos de realização, adequados ao cenário atual, inclusive com ações online. As inscrições podem ser feitas no site: www.viradasustentavel.org.br/manaus.

Previsto inicialmente para ocorrer em julho, o festival teve suas datas alteradas e será realizado somente no fim do ano, em formatos híbridos: atividades virtuais ou presenciais sem aglomerações. Segundo a coordenadora da mobilização em Manaus, Paula Gabriel, a prorrogação do edital tem o objetivo de receber ideias, soluções e possibilidades de ações que se enquadrem a essa nova realidade.

“Considerando as recomendações de prevenção e a importância de pensar na coletividade, vimos a necessidade de abarcar projetos inovadores que abordem o tema da sustentabilidade de forma criativa, sem provocar aglomerações. Este é o momento de parar para refletir e encontrar maneiras diferentes de continuar ‘virando’ a cidade”, destaca.

Entre as opções de atividades, estão projetos artísticos, culturais, educativos, sociais, ambientais e de bem-estar em prol da sustentabilidade. A nova configuração também permitirá que pessoas de outros Estados e até outros países se inscrevam e ofereçam atividades através da internet.

Podem participar artistas, oficineiros, palestrantes, organizações, fundações, movimentos, coletivos, escolas, universidades e equipamentos culturais que desejem integrar a programação do festival.

O conteúdo da ação deve ser relacionado a pelo menos um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), envolvendo temas como igualdade de gênero, saúde e bem-estar, consumo e produção responsáveis, educação de qualidade, redução das desigualdades, cidades e comunidades sustentáveis e erradicação da pobreza.

O processo de seleção das atividades levará em consideração três quesitos principais: relevância e atratividade do conteúdo para o público, aderência à proposta da Virada Sustentável e capacidade de atendimento pela organização, em relação às necessidades técnicas dos projetos.

Não há limite de número de inscrições de atividades por parte dos proponentes. Ao final da seleção, todos receberão via e-mail indicado no ato da inscrição uma notificação sobre o seu resultado no edital.

Mais informações podem ser obtidas através do e-mail: [email protected]

Foto: Divulgação