As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Wilson Lima contra-ataca após Ari Moutinho chamá-lo de “ladrão” e “cleptomaníaco”

O ataque ocorreu durante uma audiência pública sobre prestação do serviço de gás natural no Estado

Manaus – Após o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Ari Moutinho, chamar o governo de Wilson Lima de “quadrilha”, além de afirmar que o chefe do executivo é “analfabeto”, “ladrão” e “cleptomaníaco”, o governador decidiu responder as ofensas proferidas a ele na tarde de segunda (15) durante uma audiência pública sobre a prestação do serviço de gás natural no Estado.

Wilson Lima prometeu tomar providências legais para que a conduta seja apurada e punida pela Justiça. O ataque público ocorreu após o governador vetar o projeto de lei n° 153/2020, aprovado na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) no dia 8 de abril, que permitiria que o gás natural extraído no Estado fique acessível à população de Manaus e do interior. Atualmente, o gás extraído no Amazonas é levado para o Estado de Roraima.

Veja na íntegra a nota oficial enviada pelo governador à imprensa no fim da noite de ontem:

Tomei conhecimento na tarde de hoje do pronunciamento do Conselheiro do TCE-AM Ari Jorge Moutinho da Costa Jr durante audiência pública virtual realizada pela Assembléia Legislativa.

Repudio veementemente as acusações a mim proferidas. A postura é absolutamente inadequada à liturgia que deve ser seguida no exercício do cargo por ele ocupado.

A democracia permite idéias divergentes, mas são inadmissíveis ataques a honra de quem quer que seja. Não é um ataque vil ao cidadão Wilson Lima. É uma ofensa grave ao cargo de governador constituído democraticamente pelo povo.

Deixo registrado aqui que tomarei todas as providencias legais cabíveis para que tal conduta seja apurada e punida pela justiça.