Wilson Lima entrega equipamentos que beneficiarão mais de 200 famílias em São Paulo de Olivença

Cumprindo agenda no Alto Solimões nesta sexta-feira (09/07), em São Paulo de Olivença, o governador Wilson Lima entregou – por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) – veículos de grande porte para duas associações de agricultores. A medida beneficia mais de 200 famílias no município.

Por meio de edital, a Associação dos Produtores Rurais El-Shaday, do bairro Nosso Senhor do Bonfim, recebeu um trator agrícola 2.500 RPM, uma carreta agrícola com capacidade de 3 toneladas, além de uma grade aradora 14 discos, no valor total de R$ 184 mil.

Além dos equipamentos, a associação também recebeu, por meio de outro edital, o cheque pagamento no valor de R$ 150 mil para a aquisição de um caminhão com carroceria aberta e capacidade para 2 toneladas, que irá garantir a entrega dos produtos oriundos da agricultura familiar, em tempo hábil, além de melhorar a qualidade de vida dos associados, por meio do aumento da renda.

A associação atende mais de 80 famílias e contabiliza produção de mais de 90 toneladas ao ano. Atualmente, os agricultores trabalham na estrada do Bonfim, percorrendo trajetos de aproximadamente duas horas a pé, além de prepararem seu cultivo de forma manual.

“Hoje, enquanto governador, eu tenho a possibilidade de mudar essa realidade. É por isso que nós estamos fazendo esses investimentos de entregas, através do Fundo de Promoção Social, de equipamentos para associações e produtores”, frisou o governador.

Com a aquisição dos equipamentos permanentes, os trabalhadores vão conseguir eliminar 70% do esforço físico empregado no trabalho laboral, além de garantir maior produção em menos tempo e preparo das áreas de plantio das diversas culturas praticadas.

Também por meio de edital, a Associação dos Agroextrativistas de São Paulo de Olivença (AGROEXSPO) recebeu um caminhão com carroceria aberta para 7 toneladas, no valor de R$ 175 mil. A associação atende 183 famílias diretamente e, atualmente, produz mais de 120 toneladas de produtos agrícolas ao ano.

Uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos agricultores é o escoamento da produção, por meio de ramais e estradas, pois sem transporte próprio, os produtores arcam com o pagamento de frete, combustível e diária do condutor, encarecendo o produto final.

Liberação de crédito – No Crédito Rural, em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), o Governo do Estado liberou mais de R$ 259 mil. Ao todo, foram aprovados 22 projetos voltados para agricultura familiar e atividade de pesca.

“Nós estamos liberando crédito através da nossa Afeam (Agência de Fomento do Estado do Amazonas). É um crédito que varia de R$ 5 mil a R$ 13 mil. Meus amigos, isso muda a vida de um agricultor. É a oportunidade que ele estava esperando para poder comprar implementos, sementes, contratar mais uma pessoa para ajudar em sua atividade, comprar uma casa de farinha, um motor rabeta”, destacou Wilson Lima. Por meio da Afeam, desde o início deste ano, o Governo do Amazonas investiu mais de R$ 554 mil em 68 operações de crédito.

Os financiamentos são para aquisição de equipamentos (motores 6,5 HP, 9,5 HP e 13 HP; roçadeiras; canoa de alumínio; forno e bancada completa para fabricação de farinha) e custeio da atividade. Os agricultores e pescadores que tiveram projetos aprovados são das comunidades São Domingos II, Rio Camatiã e sede do município.

FOTO: Bruno Zanardo/Secom