Wilson Lima lança programa ‘Idoso Empreendedor’, ampliando oferta de microcrédito pela Afeam

Nova linha vai oferecer de R$ 5 mil a R$ 21 mil para idosos de baixa renda

O governador do Amazonas, Wilson Lima, lançou, nesta sexta-feira (02/07), o programa “Idoso Empreendedor”. Coordenado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), em parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). O programa oferta microcrédito para que idosos de baixa renda, com idade igual ou superior a 60 anos, possam iniciar ou ampliar os próprios negócios. Os recursos vão de R$ 5 mil (sem avalista) até R$ 21 mil (com avalista).

“É uma linha de crédito para essa faixa etária que também tem necessidade de ter uma ocupação e gerar renda. Há muitos idosos que têm alguns empreendimentos, ou que têm a vontade de empreender e hoje estão tendo a oportunidade aqui na Afeam”, disse o governador durante o lançamento do programa na sede da Afeam, na zona centro-sul de Manaus.

“Só nesses meses deste ano até agora, até o mês de junho, já é o maior investimento (da Afeam) dos últimos quatro anos, algo em torno de R$ 110 milhões com as melhores taxas do mercado, com prazo de carência muito grande, tanto na capital quanto no interior”, destacou Wilson Lima.

Na solenidade de lançamento, o governador entregou um cheque no valor de R$ 5 mil para a idosa Izabel Honório Ramos, de 78 anos, que utilizará o valor para ampliar sua banca de hortifrúti, no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste da capital.

“Vai ajudar no meu trabalho, então eu agradeço muito a Deus, eu estava precisando. Isso vai ser importante para mim, estou muito satisfeita com a ajuda de vocês. Eu considero que daqui para frente, com esse esforço, essa ajuda, nós vamos crescer”, afirmou a beneficiada.

Programa – O “Idoso Empreendedor” foi criado a partir de registros do banco de dados do Centro Integrado de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa (CIPDI/Sejusc). De acordo com a secretária da Sejusc, Mirtes Sales, todos os grupos de idosos, começando pela capital, Manaus, serão atendidos.

“Os grupos de idosos são localizados em diversos bairros de Manaus, são 53 ao todo. Nós vamos fazer um agendamento para poder ouvir um a um. Cada grupo tem até 280 idosos, tanto na capital quanto no interior, então nós vamos até eles, vamos fazer as palestras, vamos mostrar que eles podem, sim, empreender”, afirmou Mirtes Sales.

Conforme os dados disponibilizados pela Secretaria Executiva Adjunta de Direitos da Pessoa Idosa (Seadpi/Sejusc), no ano de 2020 foram registrados 4.143 atendimentos no local. Deste total, foi constatado que 16% dos idosos não possuíam renda, e 22% estavam sem recursos financeiros, mesmo recebendo o Benefício de Prestação Continuada (BPC), chegando assim ao quantitativo de 38% de idosos em situação de vulnerabilidade social.

Procedimento – Para solicitar o recurso financeiro do “Idoso Empreendedor”, é necessário acessar o site da Afeam (www.afeam.am.gov.br) e clicar no campo “Crédito Emergencial 2021”. Após isso, basta seguir o passo a passo disponível no site, com envio da documentação solicitada pela Agência.

Após a inscrição no programa, a Secretaria Executiva Adjunta de Direitos da Pessoa Idosa realizará as visitas e entrevistas com os idosos. Em seguida encaminhará a declaração da secretaria informando se o solicitante atende os requisitos sociais para a participação no programa.

“O nosso crédito é online, com a parceria com a Sejusc, eles vão catalogar essas pessoas, vão inscrever. Aí entra uma parceria que é importante salientar, que é a formação dele, um curso técnico através do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Nós não pensamos só em dar o crédito em si, vamos capacitar também ele a inovar, a empreender com melhor qualificação”, disse Marcos Vinicius Castro, diretor-presidente da Afeam.

FOTO: Diego Peres / Secom