Wilson Lima vistoria obras do novo Ceti de Manaus, localizado no antigo Monte Horebe

Obras da unidade, que tem capacidade para atender até mil estudantes, já estão 90% concluídas

O governador Wilson Lima vistoriou, nesta terça-feira (20/07), a obra do novo Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) da rede estadual, em Manaus, localizado na antiga ocupação Monte Horebe. O projeto de construção se encontra em fase final de acabamento, com cerca de 90% concluídos. A inauguração da escola está prevista para acontecer daqui a 45 dias.

O novo Ceti segue os mesmos padrões adotados pelas demais unidades de Tempo Integral do Governo do Estado e do Programa de Aceleração do Desenvolvimento Educacional do Amazonas (Padeam), financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e terá capacidade para atender até mil alunos. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 19 milhões na construção da unidade.

O governador destacou que a unidade está sendo construída em um ponto estratégico de Manaus. “Como todos bem sabem, era uma área de invasão e uma área que representava um risco muito grande para a comunidade aqui ao redor, além da agressão que estava sendo praticada ao meio ambiente”, lembrou.

“Nós fizemos esse trabalho de reintegração de posse aqui e, imediatamente, colocamos aqui um equipamento social, uma escola, que daqui 45 dias estará pronta para atender à comunidade que, muitas das vezes, tem que deslocar os seus filhos para outras escolas que ficam longe do bairro. É uma escola moderna, no padrão daquelas que a gente tem entregue”, completou Wilson Lima.

O governador destacou que a Educação é prioridade para o Governo do Amazonas. “Nós estamos entregando o oitavo Ceti, com esse daqui, e vamos entregar mais seis de tempo integral. A próxima unidade que nós vamos entregar é lá no município de Tefé e já está pronta. Recentemente, nós entregamos no município de São Paulo de Olivença. Nós estamos fazendo isso porque Educação é uma prioridade nossa. Desde que eu assumi o governo que nós temos avançado nessa pauta”.

Nova unidade – Com 7.770,41 metros quadrados (m²), o Ceti localizado na antiga ocupação Monte Horebe tem projeto arquitetônico baseado nas necessidades de desenvolvimento dos estudantes, tanto nos aspectos intelectual e social, quanto físico e psicológico. A escola foi planejada levando em consideração questões ambientais, geográficas e climáticas para propiciar ambientes com conceitos inclusivos, aliando as características dos espaços internos e externos, com as práticas pedagógicas, culturais e sociais.

A unidade conta com 24 salas de aula, dois laboratórios de Ciências e um laboratório de Informática, uma biblioteca, um Espaço Google, cinco salas para administração, um consultório odontológico, uma sala para atendimento psicológico, uma enfermaria, uma sala de professores, uma sala de coordenação, um pátio coberto, uma cozinha ampla com vários balcões em aço inox e banheiros femininos e masculinos nos três pavimentos de corredor da unidade, entre outros espaços.

Além disso, o prédio possui uma ampla área dedicada à prática esportiva, onde estão dispostos: quadra poliesportiva, campo de futebol, piscina semiolímpica, vestiários e salas de dança, música, artes marciais, fanfarra e ginástica.

Ocupação irregular – Anunciada no dia 28 de fevereiro de 2020, a reintegração de posse do Monte Horebe envolveu todas as forças de segurança e assistência social do Estado na remoção das famílias, que residiam no local, o qual era dominado pelo tráfico de drogas e alvo de degradação ambiental.

E nos últimos dias 12 e 13 de julho, o Governo do Amazonas, por meio da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), pagou a 17ª parcela do Auxílio Moradia para as 2.205 famílias retiradas do local.

FOTO: Diego Peres / Bruno Zanardo (drone) / Secom